Atualização semanal #9

> Considere virar meu padrinho ou madrinha! <

Esta semana não traduzi um jogo (apesar de ter atualizado a tradução de um), mas ao invés disto traduzi um quadrinho. Como comento no vídeo, foram vários os motivos para eu ter deixado para trás (por uma segunda vez) a tradução de Gnomoria. Da última vez não comentei o porquê do meu abandono, então acabei me esquecendo, mas farei isto aqui. Depois de alguns testes, acabei descobrindo como fazer para o mod funcionar; por algum motivo, um arquivo bem específico estava impedindo o jogo de continuar rodando com a tradução ativa (mesmo com este arquivo não tendo sido adulterado), foi remover ele que tudo funcionou. Foi a remoção dele que também permitiu que eu visse, finalmente, o estado da tradução. Antes de abandoná-la, a maioria do que podia ser traduzida já o tinha sido, com alguns erros aqui e ali, o maior problema era o fato do que não tinha nem podia ser traduzido.

Para confirmar a situação, liguei o mod que traduzia o jogo para o alemão. Assim como era o caso com meu mod, grande parte do jogo permanecia em inglês. Não bastasse o jogo não ter suporte a acentos e não permitir que regras de gramática fossem editadas, mais da metade do jogo não podia ser traduzido: os menus antes de carregar um mundo, os tópicos de ajuda, toda e qualquer janela do jogo (descrição do reino, descrição dos gnomos, descrição do combate). Sim, algumas coisas estavam traduzidas, como o menu para construir oficinas, ou o menu para mandar seus gnomos fazerem alguma coisa, ou o nome de objetos. Mas tirando isto, nada mais.

Para não ficar sem fazer nada, e para não começar outro jogo e ter que parar no meio (já que gostaria de começar Sunless Sea semana que vem), peguei algo mais fácil para traduzir, algo diferente: um quadrinho chamado RuinWorld. No momento ele só possui 13 páginas publicadas (e o que eu realmente gostaria de traduzir provavelmente arrastaria meu projeto pela lama), mas espero que o autor continue publicando mais. Todas elas foram traduzidas, porém, como não recebi autorização do autor para publicá-las (ele não disse “não”, ele simplesmente me ignorou), resolvi deixar esta tradução como bônus para meus padrinhos e madrinhas, que podem baixá-la quando quiserem pelo link que deixei nos posts da campanha.

E falando em ignorado, meu pedido por uma chave de Sunless Sea e sua DLC foi, até o momento, uma tentativa fútil. Talvez os desenvolvedores estejam ocupados demais, talvez o pedido tenha ido parar na caixa de spam (apesar de eu ter recebido uma resposta automática do sistema de tickets dele). Qualquer que seja o motivo, eu provavelmente terei que comprar o jogo, algo que não gostaria de fazer pois sairia caro e nem tenho certeza ainda se é possível traduzir o jogo. Digo isto mesmo vendo que um grupo de russos já começou a tradução, pois é provável que seja necessário o uso de certas ferramentas para acessar os arquivos de texto do jogo, coisa que prefiro não fazer (simplesmente por não confiar em tais ferramentas). Bem, eu – e vocês – s[o ficarei sabendo se será possível traduzir Sunless Sea provavelmente na terça da próxima semana. Caso a resposta seja um grande e gordo não, provavelmente pegarei outro jogo que tenho no backlog para traduzir (ou quem sabe aquilo que gostaria tanto de traduzir?).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *