Atualização semanal #8

> Considere virar meu padrinho ou madrinha! <

Sim, eu agora vou passar a postar minhas atualizações semanais aqui também! Eu deveria ter feito isto desde o começo, mas eu sou uma pessoa muito burra mesmo.

Bem, no vídeo desta semana comento sobre algumas coisas importantes, como o fato de estar abandonando o site APOIA.se e me mudando para o Padrim. O motivo desta mudança é simplesmente por eu não ter gostado, nem um pouco, do design do site, principalmente das atualizações. O sistema de postagem não é lá grandes coisas (o do Padrim também poderia ser melhor, mais parecido com este do WordPress, sabe), e o resultado final era sempre algo feio. Além disto, não acho que era possível escrever comentários na página ou nas atualizações, o que significava que a única maneira de se comunicarem comigo era fora do site. É claro continuarei a responder todos os e-mails, comentários aqui e tuítes, mas quando o assunto é a campanha de apoio, preferiria deixar tudo concentrado em um só lugar (irônico, considerando que estarei postando as atualizações aqui).

Retornando à atualização, esta semana concluí a tradução de Road Not Taken. Uma tradução que havia iniciado há muito tempo, mas que nunca tive vontade de terminar. Pois bem, este é um dos motivos principais desta campanha que iniciei este ano, para me incentivar a fazer mais coisas, a parar de deixar tudo pelas metades, carcomido. Mesmo tendo pouco texto, este foi possivelmente o jogo com mais falas que já traduzi (Endless Legend possui bastante história, mas poucas falas). O que foi bom para me preparar para a tradução de Sunless Sea. Como comento no vídeo, não pretendo iniciar a tradução esta semana, só na semana que vem, pois tentarei entrar em contato com os desenvolvedores antes para ver se consigo uma cópia gratuita. Outro motiva pelo atraso é que me foi pedido, também, a tradução de Gnomoria, que eu cheguei a começar mas parei ainda no início, por não ter sido capaz de aplicar a tradução ao jogo. Vou tentar novamente esta semana. Se não conseguir, e ainda não tiver a cópia de Sunless Sea, eu talvez dê início à tradução de Puzzle Quest, ou talvez de Thea: The Awakening.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *